Maio 2012

Hollande rebaixa o próprio salário em 30%

0 comentários

O presidente francês, François Hollande, e o novo governo liderado pelo primeiro-ministro do país, Jean-Marc Ayrault, concordaram nesta quinta-feira em baixar seus salários em 30%.
Esta foi uma das promessas feitas por Hollande durante sua campanha eleitoral, assim como a elaboração de um código de conduta dos políticos para evitar o conflito de interesses entre os membros do novo gabinete.
O conteúdo do código, revelado hoje pelo jornal "Le Monde", inclui a renúncia a postos executivos que os membros do governo tinham antes de assumirem seus cargos, a rejeição de convites privados e presentes com valor superior a 150 euros e a escolha de trens como meio de transporte prioritário em trajetos inferiores a três horas. 
A primeira reunião do governo, realizada no Palácio do Eliseu, em Paris, foi "solene e emocionante", segundo ministros que participaram do encontro. Durante a cerimônia, Hollande falou que espera que o Executivo seja um exemplo durante seu mandato.
Hollande, segundo afirmou os ministros, transmitiu sua vontade de aplicar suas promessas eleitorais o mais breve possível.

Profeta da universidade

1 comentários
Minha faculdade passa por problemas. Assim como todas as outras particulares ou públicas, e como todo ensino do rio de janeiro. Conversando com amigos as teorias de tomada de poder, retomada do pseudo poder e poder tomar o poder vão ganhando corpo. Lavagem de dinheiro, envolvimento federal, teoria da conspiração e até sergio malandro com suas pegadinhas como reitor sao discutidas.

 Lá, há muitos e empoeirados anos trabalha um secretário em meu curso. Patrimônio da universidade, uma entidade do prédio, daqueles que não morrem, são tombados na realidade. Conhecido pelo sobrenome, o sujeito não é dado a risos, brincadeiras, conversas e nem nada que alguém que já estudou lá desconfie. Como já está tudo em crise, sem água, sem luz, sem segurança e sem o tão querido e essencial neve no banheiro, pensei que não haveria mal nenhum em trocar cinco, e tão somente cinco palavras com o dito cujo. Sem contar a interrogação claro.

 Após as apresentações iniciais, troca de informações corriqueiras e já conhecida de todos, respirei fundos lancei a pergunta, não sem antes de apertar os olhos e pensar o quão ingênuo continuo sendo depois de alguns períodos que vivo nesse contexto." pro senhor, qual a solução disso tudo?" a pausa que antecede a resposta veio junto com a dúvida de que existia candura naquele Espiríto ambulante, meio decadente, mas ambulante." não sou eu que tenho que saber disso..." seco e grave. Pensei na hora em Jesus Cristo e seus ensinamentos, rev. Luther king e sua posturaenquanto a minha alma tardiamente me confirmava " cinco palavras, bruno. Nunca force a barra. Somente cinco palavras".  Olhos lacrimejados, pauta pro bullying dos meus amigos retruquei com toda educação" sei que não cabe ao senhor, mas como tem muitos anos de casa, acho que já passou por muitas situações parecidas, não?" .após a pergunta um lado novo do personagem apareceu. Uma serenidade de monge, paz das montanhas, uma luz ascendeu e o caboclo respondeu" fica tranquilo, falir não vai não. Vocês terminam o curso de vocês mas isso não fecha."  nascia ali um profeta, uma nova faceta entra em ação e a minha calma volta a reinar. Sob essa profecia, amigos de curso, continuemos!

A (verdadeira) razão das denúncias contra Cabral

0 comentários
O governador do Rio tem sido alvo de graves denúncias que mancham sua imagem política e pessoal recentemente.

Má administração do dinheiro do estado e falta de ética estão no cardápio.

A maioria das denúncias, que consiste em fotos e vídeos exclusivos, foram publicadas por Garotinho — como todos já sabem — e saíram dos celulares da mulher do governador, Adriana Ancelmo.

Traição por parte dela é algo descartado.

A suspeita é outra: Em 2009, Adriana teria enviado o material para a amiga Jordana  Kfuri, então mulher do empresário Fernando Cavendish, dono da Delta. Com a morte de Jordana e um filho seu na queda do helicóptero na Bahia em 2011, o material  ficou com a família dela, que nunca perdoou Cabral pelo acidente, como incentivador da viagem.

Daí para se ter certeza...

cabral

Considerações da última semana

0 comentários

Carro após atropelamento

Thor batista estava a mais de 130km quando atropelou e matou alguém. A pergunta é simples: se fosse negro e pobre, estaria solto?  





o curandeiro em recente encontro com Ophra
Chaves, chefe de estado da Venezuela , que está com câncer , teria 
apelado para o curandeiro brasileiro João de Deus. O O homem espiritual teria ido se encontrar com o presidente num avião pago por cachoeira... Isso tá muito mais interessante que Av. Brasil.









Emblema do Estado em publicidade de revista americana
A revista Foreign Affairs , a mais prestigiada sobre política no mundo inteiro, trouxe uma entrevista na sua edição de janeiro/ fevereiro. Nela há uma matéria de cerca de duas páginas sobre o Rio e seu governador, Sérgio Cabral. Já tínhamos pistas há meses de que a coisa ia feder mais cedo ou mais tarde, né...

A desconstrução contextual da notícia

0 comentários
Existe uma necessidade do sistema em rotular certos preceitos e agir com pré-conceitos. Seja uma necessidade financeira ou de postura social, há sempre a informação além da informação. Há uma resposta do porquê tal notícia é veiculada e outra não, porquê uma é tratada de forma diferente da outra e por aí adiante. Um exemplo muito rico desse acontecimento é a tradicional guerra no Oriente Médio. 



Sempre sabemos por notinhas espalhadas ou alguns flahs que o Estado de Israel éstá em conflito com alguém. Muitas vezes vemos destaques a movimentos como o "free Palestina" por exemplo. A discussão aqui não é sobre quem está certo ou errado, mas eu te desafio a conhecer alguém que tenha visto em um mesmo dia, em qualquer telejornal, imagens de uma cidade mulçumana atacada junto da imagem de algum estado israelense destruído. Quantos aqui já viram figurar em algum impresso a foto de uma criança judia morta em decorrência dos milhares de ataques com bombas que chovem sobre o céu de Tel-Aviv regularmente. Criança palestina eu tenho certeza que você já viu várias... 



Esse posicionamento midiático do qual falamos, hoje, entendo que exista por dois principais fatores. O primeiro deles é o fato de Israel ser aliançado com os EUA, maior potência econômica, bélica e capitalista do mundo há longos anos, parceiros de várias outras nações, assim como inimigo de incontáveis outras. O segundo é o fato de que toda boa faculdade de jornalismo parece ser tendenciosa à esquerda, à subversão, ao protesto. É dessa desconstrução midiática e essa ruptura do fato com o seu contexto que a sociedade sofre continuamente. 

Tal falta de discernimento que as vezes parece ser cega, mas que provavelmente só será revogada daqui há anos, após um olhar imparcial e distanciado do fato inserido em seu contexto. Enquanto o indivíduo ainda aprimora a sua capacidade de interpretação e seu acervo de referências ideológicas e históricas, sofre a massa, refém de pequenos pensadores.



Freixo na frente

0 comentários
Segundo estudo da LabPop Content, Marcelo Freixo (PSOL-RJ) é candidato o mais influente nas redes sociais para assumir a prefeitura da cidade do Rio de Janeiro nas próximas eleições.

A LabPop Content é uma agência digital, do grupo Approach, e mediu a influência nas redes sociais de cinco cadidatos: Freixo com 67,7 pontos; seguido de Paes, como 66,6; Aspásia com 59,5; sendo seguidos por,acredite se quiser, Otávio Leite com 56,1 e Rodrigo Maia com 52,1.

Freixo realmente dá indícios cada vez maiores que está preparado e se preparando  para para o 'sacerdócio' de prefeito da cidade maravilhosa, enquanto os outros não se mexem muito ainda a nível público. Jabor vem comparando ultimamente Paes a Pereira Passos, insinuando que é o melhor prefeito que tivemos desde então.

Recentemente publiquei aqui que a iniciativa dele de comemorar seu aniversário na sede do cordão do bola preta, numa terça à noite, com oportunidade de estudantes pagarem meia, parecia uma forma também de atrair  jovens à causa política. Ponto para ele.

Nos últimos dias ele tem publicado também em seu twitter fotos de encontro com notáveis. Numas dessas, aparece numa reunião organizada (foto) por Caetano Veloso em sua casa para discutir possivelmente o norte do futuro da cidade caso Freixo ganhe.

Além de todo esse fato importante, há pessoas dizendo que o filho de FHC estava no local. O ocorrido, se verdadeiro, não é de espantar. Até aonde se sabe FHC e filho são pessoas diferentes, habitando em corpos diferentes, contudo, uma possível aliança tendo uma base com partidos não solidários à corrente do PSOL é extremamente possível, uma vez que a manutenção do poder parece exigir isso aqui no Brasil. O PT nos ensinou isso muito bem...

Agora é aguardar e fazer sua parte nas próximas votações.